Vá com Deus, Chorão

16:40

Dia 06.03.13, o Brasil sofreu uma perda de dimensões que nem podem ser medidas. Perdemos um músico, um poeta, um skatista, um ídolo. A dor bate forte até no coração daqueles que não eram fãs de carteirinha, e bate com muito mais força nos que cresceram ao som da poesia cantada do Chorão. Dói no coração brasileiro perder um cantor tão original e adorado, que encantou gerações com sua música, e serviu como trilha sonora no cotidiana de muuuuuuita gente. Os fãs - não apenas fãs, mas os que sabem adimitir que o cara era simplesmente fod* - fizeram milhares de homenagens ao Chorão, demonstrando o quanto o ídolo vai fazer falta.

  Okay, isso ta parecendo um post de blog de notícias... O que eu realmente quero dizer é que: O Chorão vai fazer muita falta! Sinceramente, quando me disseram que ele tinha morrido, eu tava cantando uma música dele (Papo Reto), e simplesmente não aceitei. Eu pensava simplesmente assim: "putz, como nego gosta de inventar coisa sobre os famosos, né? 'O Chorão morreu', af, até parece, Chorão não morreu, gente, claro que não" Só depois de lerem umas duas reportagens pra mim eu entendi que era verdade - não aceitei a ideia, claro, mas... -, havia entendido que ele morreu. As músicas dele pareceram ecoar mais alto na minha mente, como se pra abafar os pensamentos "CBRJ vai acabar" "Ta morto" "Não vai mais ter música nova". Eu entrei naquele estado de nostalgia, lembrando de quando era piveta, tinha uns 5 anos e ficava esperando começar Malhação, e cantar "Te levar" junto com ele, na frente da tv. Eu entrei no twitter, e de 10, 8 das hashtags eram sobre a morte dele. Me controlei, não deixei uma única lágrima ser derramada, e "fui forte". Botei os fones e ouvi minhas músicas como se fosse só mais um dia. Mas, quando cheguei em casa, eu li e reli as reportagens, deixei a tv ligada para assistir o que iriam comentar nos jornais, vi as fotos que mostravam como estava a casa (e o corpo!) do querido Chorão quando foi encontrado. Li sobre possíveis motivos e causas da morte, e cada vez mais sentia meu coração apertar. "Chorão se foi. Chorão morreu." Fiquei com isso na cabeça até ver uma foto, que trazia como tantas outras, uma coisa que o Ídolo disse em uma intrevista: "Quando eu for embora e um amigo vier te dizer que o Chorão morreu... Você diz...Chorão não morreu, só deu uma pausa na terra pra levar um pouco mais de alegria pro céu" Quando li isso, só pude abrir um sorriso, afinal, aquilo era a mais pura verdade. Até porquê, idolos não morrem! Viram lendas. E se tenho algo a afirmar, é que ídolo Chorão foi, e lenda ele se tornou. E lendas duram eternamente, assim como ele, irmão Charlie Brown, um ícone, exemplo, e referência.

 Ah, e se algo posso afirmar é que o Brasil está sim de luto. Os fãs e aqueles que sabem reconhecer o talento que ele carregava no coração e na voz... Estamos todos de luto, em nome daquele que cresci ouvindo, e que vou morrer ouvindo. O Brasil está de luto por ti, Chorão.

 Vai, que chegou a tua chance de ter aquele papo reto com o senhor do tempo. O céu azul é teu agora, irmão. Deixa, que chegou nossa vez de honrar teus dias de luta, e teus dias de glória. Fique em paz.


Posts relacionados

0 comentários