Top 10: Coisas que eu amo

13:47

Esses dias eu estava dando uma olhada no blog Another Girl Another Planet e me deparei com uma lista bem bacana que a dona do blog fez falando sobre suas dez coisas favoritas. Então me inspirei pra fazer uma também. OBS: ignorem se tiver erros ou algo não fizer sentido, é que eu estou muito cansada e tals, dai eu não dei nenhuma lida ou revisada.

 

Quando eu era menor eu não gostava muito de ler. Revistinhas da turma da mônica e só. Meu primo sempre insistia em me dar livros e hoje eu agradeço por ele ter acertado na escolha do livro que me deu quando eu tinha 9 anos. Harry Potter e a Pedra Filosofal. A partir dai eu fui ficando cada vez mais apaixonada pela saga e pela leitura em geral. Hoje tenho poucos livros, mas mais do que muita gente, e me sinto feliz em dizer que sou leitora. Adoro pessoas que leem. Odeio gente que se acha superior por isso. Leitura é algo fascinante e acho que todos deviam ter o hábito de ler. É como um professor meu disse uma vez, não tem como não gostar de ler porque existe livros para todos os gostos. Por isso alguns leem pornografia, outros leem sobre jogos, alguns sobre aventuras. O que importa é ser uma boa história que venha acrescentar algo a seu conhecimento e ao seu vocabulário. Eu gosto mesmo é de ler sobre mistérios, romances e heróis.


Adoro, adoro mesmo escrever. Escrever crônicas, contos, posts, histórias, diários. Desde pequena tenho isso. É realmente uma paixão minha. Espero de verdade poder escrever bastante e ler para me aperfeiçoar (com a prática vem a perfeição!), porque quero fazer posts cada vez melhores e textos com mais qualidade também. Sei lá, escrevendo eu consigo mais ou menos expressar minhas emoções, minhas ideias. Ás vezes escrevo algo e percebo como aquilo estava guardado em mim. E isso é bem legal.


Podem me chamar de iludida, mas eu ainda vou morar na famosa Londres. Talvez em Brighton, não sei. Mas eu leio bastante, pesquiso, me organizo pra poder me mudar pra lá daqui a uns dez anos, nem que seja por um aninho. Sou fascinada pela Inglaterra, as coisas que vem de lá e tudo que ouço falar dela. Depois do 1D virou moda as garotinhas que acham que a vida é fácil dizerem que vão morar lá. Acham que vão estralar os dedos e a vida vai ser fácil. Morar no exterior não é fácil, eu sei disso. E que fique bem claro: comecei a ter essas ideias antes dessa bandinha aparecer. 


Preciso falar? Eu sou potterhead e isso não é novidade pra ninguém. Especialmente pra quem acompanha o blog porque eu fiz meu aniversário com o tema da saga e ainda um post para um projeto que lancei no blog e as outras meninas ainda não deram continuidade (e olha que eu pego no pé, a equipe do blog sabe como sou exigente/chata u-u). Vejam o post e entendam a minha paixão numero quatro.


Livros de mistério, filmes, músicas que me lembrem mistério, lendas, astrologia, sobrenatural, tudo isso me atrai. Segundo o Dicionário Informal, místico é "Aquilo que a inteligência humana tem dificuldade em explicar.". Mistério. Essas coisas estão interligadas. Essa minha preferencia influencia muito nos livros, gosto de livros com mistérios, como Sussurro e Marina, onde a gente nunca imagina o final, e com criaturas como bruxos, vampiros, anjos e essas coisas. Fogem da realidade, liga sua imaginação. Astrologia, energias positivas, negativas e essas coisas tem aquilo de lenda, mistério, misticismo, eu acho bem interessante. Embora não tenham comprovações, gosto de acompanhar horóscopos mesmo não acreditando totalmente, talvez um pouco, já tive algumas previsões corretas e combino bastante com meu signo, aquário. 


Sempre adorei fazer desenhos, copiar figuras, criar. Vivo tentando copiar imagens da internet pra melhorar meus desenhos, porque eu passei um certo tempo sem desenhar nada, perdi o hábito. Mas agora ele está voltando e isso é ótimo porque desenhar é um bom passatempo.


É modinha? É. Mas foda-se. Cada década com suas características própria, cada uma com detalhes que unidos ficam lindos, a mistura de épocas que pode dar vários resultados. Eu acho lindo alguns objetos de certas décadas que tem aquele ar de romantismo. Eu curto isso, principalmente em decoração, até porque de moda eu não entendo nada. Também é legal ver toda essa onda do vintage e do retrô e parar pra pensar como era a vida antigamente. Calma, tranquila, pelo menos bem mais do que hoje, aposto. Aquelas músicas maravilhosas. Só não digo "nasci na época errada" porque em outras épocas eu não teria esse notebook, nem muito menos esse blog. E porque é meio que besteira, mas ok.


Eu moro na cidade apelidada com Noiva do Sol, no Nordeste, Brasil, entre os trópicos, e agora olhando pela janela de 13:23 da tarde eu só falto queimar os olhos com a luz do sol quente batendo na parede e refletindo. Ô cidade do inferno. A pessoa fica fedendo, toda suada, rosto e cabelo oleosos, é um caos. E o frio, parece até que você fica mais bonito. Clima bom. Ah, como eu queria morar num lugar com o clima mais fresquinho. Um lugar que tivesse especialmente outono, com o frio e as cores, perfeito. Mas meu ar-condicionado já resolve bastante coisa. Amém.



Acho que isso vem de genética, porque minha família adora viajar. Todo ano é um destino que reúne a parentada toda pra uma viagem.. É bem legal. Como dizem, o dinheiro gasto numa viagem não é dinheiro desperdiçado como muitos pensam, porque o tanto de conhecimento adquirido  faz tudo valer a pena.


Poucos sabem, mas desde criança sonho em aprender a tocar piano. Não sei muito sobre música, mas pretendo estudar, porque quero aprender a tocar violão, depois baixo e no futuro farei aulas de piano, que para mim é o instrumento com o som mais belo. Música acalma, música passa mensagens, ideias, te fazem dançar, pensar ou simplesmente relaxar. Está em todo lugar. É difícil achar alguém que não goste.

Posts relacionados

0 comentários