Crônica: Meu príncipe

15:21


   Sabe, eu sempre fui de acreditar em príncipes e princesas. Que toda princesa tem seu príncipe, não aquele perfeito que nem nas histórias, que tem um cavalo branco, bonito, boa pinta... Mas, aquele que fará qualquer coisa  pra estar ao lado da amada, aquele que nem que seja de bicicleta irá a na sua casa para te dar um abraço e um beijo de boa noite. Esse sim, é um príncipe de verdade. Mas o tempo passa e a gente fica mais velha, e, pra falar a verdade, deixamos de acreditar nisso. Porem, existe, é somente porque desistimos fácil demais de procurar e falamos que essa parada de amor não existe, que isso é fruto de filmes, livros e da imaginação de alguém. Até um tempo atrás eu pensava assim. Sim pensava, no passado. Mas aí eu conheci um príncipe, um garoto bom, inteligente, educado, de Deus. Tudo que uma garota pode amar em alguém. Você começa a gostar dele, pode ate arriscar que o ama. Mas ele não pensa em você como você pensa nele. Nem lembra de você até aparecer na sua frente. Nada. Apenas nada. Mas não custa sonhar: Eu e você, no nosso cantinho, abraçados, nos beijando. Nosso filhos dormindo no quarto ao lado. A gente se amando... Imagino até nos dois brigando, pode isso? Mas como eu disse, são apenas sonhos, que nunca vão se realizar. Mas, mesmo assim, você é o meu príncipe.

            - Ana Carollyne Oliveira, a nossa Carol.

Posts relacionados

0 comentários