Crônica: Wish You Were Here

22:08


Lembra de quando a gente se conheceu? Desde o primeiro momento, você me tirou sorrisos fáceis, como ninguém havia antes conseguido. Você me passou um conforto e segurança tão grande por simplesmente segurar minha mão... Eu nem mesmo sabia que era possível sentir  tanto com tão pouco. Não antes de você. Ah, meu anjo, quisera eu na época conhecer os fantasmas que habitam sua cabeça. Conhecer as vozes sussurrantes que lhe tiram o sono e as sombras que lhe envenenam a alma. Quisera eu... Eu sinto falta da época em que éramos apenas nós dois no mundo - o resto, pouco importava, pouco se notava. O por do sol. As regras quebradas. Risos compartilhados. Copos divididos. Músicas cantadass. sem preocupações maiores. Sem demônios interiores. Eu, você, o amor. O que mudou? Ambos sabemos, e apenas nós devemos saber. Ah, eu sinto tanta saudade. Queria tanto poder voltar no tempo e ao menos uma vez mais me perder no teu abraço, me afogar no teu gosto e mergulhar no teu cheiro. Cair de cabeça na sua paz e viver o amor como se não tivesse nada a perder. Sinto tanta falta disso, tanta falta de você! E ao mesmo tempo tenho tanto medo. Medo do que as vozes podem sussurrar pra você, do que teus fantasmas podem te levar a fazer, do quanto você pode se machucar apenas por estar só. E eu queria estar ao seu lado pra te proteger. Proteger assim, de perto. Fazer um cafuné, apertar sua mão quando precisar de apoio, cantar a nossa música e prometer que tudo vai dar certo. Fazer tudo dar certo. Nem parece que faz tanto tempo desde aquele primeiro dia. E dos que se seguiram a ele. Cada detalhe, guardado no mais profundo canto da minha alma e do meu coração. Lá estamos nós. Lá está você. E, apesar de todo o medo de te perder p'ras vozes que lhe atormentam, eu ainda guardo apenas o melhor de nós dois.
 PS: Please, take care of yourself.


Posts relacionados

0 comentários