Crônica: Je pense que je t'aime

00:59

Fonte

Amor (a-mor) 1 - sentimento que predispõe a desejar o bem de alguém; 2 - sentimento de afeto ou extrema dedicação; apego; 3 - sentimento que nos impele para o objeto de nossos desejos; atração; paixão; 4 - afeto; inclinação; 5 - relação amorosa; aventura; 6 - objeto de afeição; 7 - adoração; veneração; devoção;

Isto é amor, de acordo com o dicionário. Amor? Vi palavras que tentam descrever sentimentos. Palavras? Ah, oras, isso não é amor. Palavras são palavras. Então o que é o amor? O que significa dizer "eu te amo"? É só mais uma série de palavras? O que torna essa frase diferente de outras? O que causa tanto efeito? 

Ouvi dizer que você usa o "eu te amo" é pra resumir em palavras algo grande, um sentimento que deixa a pessoa toda boboca e travada, sem saber direito como agir perto de alguém. O que é amor pra você? John Green definiu o amor como "um grito no vácuo". 

O que eu acho que é amor? Acho que amor é quando você fecha os olhos e de imediato os olhos de um certo alguém, o sorriso, a voz, o toque, tudo volta à memória e involuntariamente você começa a sorrir e sente uma vontade louca de ligar pra essa pessoa e dizer "ei, tava pensando em você". Ou que faz você qualquer problema se tornar "ignorável" com um abraço apertado. Que te faz ficar bem simplesmente por se importar, ou pelo menos dar essa impressão. Quando você olha pro céu e se perde em pensamentos sobre um alguém específico, simplesmente porque a beleza do infinito lá do alto é quase comparável a beleza do sentimento que você tem por essa pessoa. Quando você mexe, remexe e procura outras formas de dizer. Outros idiomas, outras palavras. Quando você ouve uma música e o nome vem na tua cabeça. Aquele nome. O nome daquela pessoa. O perfume. O som da risada. 

Acho que amor é você acordar todo dia e se sentir mais feliz por lembrar que vai encontrar esse alguém. Tremer da cabeça aos pés ao lembrar do gosto daquele beijo. Amor é quando você está bem simplesmente porque a pessoa que você ama está bem, e feliz. E a felicidade dessa pessoa passa a ser mais importante que a sua, e involuntariamente você cria e recria futuros a dois. A dois. Nós dois. Acho que isso que é o amor. Nós somos o amor. 

Pegar o caminho mais longo só pra ficar mais uns minutinhos juntos. Acho que amor é quando o eu e você vira nós. Amor é... é algo absolutamente não-resumível. Talvez seja por isso que eu tenho dificuldade de dizer aquela frase com três palavras que deixa tanta gente meio besta por aí. Porque amor não se resume. Amor se sente, independente do que diabos realmente ele seja. Amor se faz. Amor se vê. Amor se diz? Não por completo. 

Mas, sei lá, acho que amor se resume sim, por mais contraditório que seja, em palavras, em um eu te amo, em uma ligação de madrugada ou em um beijo de bom dia. E se eu tiver que resumir pra você saber, que seja. Eu resumo, eu aumento, eu refaço, grito em todos os idiomas que conseguir. Te quero, te sinto, te amo - seja lá o que for amar.


Posts relacionados

0 comentários