Resenha: Clube da Luta

15:10

Contém Spoilers. 

Há aquela lista de filmes que todo mundo já viu, e que quem ainda não assistiu definitivamente precisa ver antes de morrer. Muitos deles eu nunca vi, para ser sincera. Eu gosto de filmes, mas não tenho tanto costume em assisti-los. Masssss depois de infinidade de "ana assista assista assista" eu vi Clube da Luta e Laranja Mecânica esses dias. São populares, todo mundo já viu, eu tô atrasada, sei disso. Não há nada mais mainstream. Porém quis comentar os dois filmes porque eles não foram feitos para serem vistos apenas para marcar na lista de "já vi" com umas estrelinhas do lado. Aliás, nenhum filme deve ser feito pra isso. Há uma mensagem ali. E eu queria falar sobre as conclusões que eu tirei dessa mensagem porque isso me fez pensar. 

Só que de Laranja Mecânica eu falo em outro post, para eu não me estender muito.

Vou pôr primeiro a opinião de gente que entende, acho que por motivos óbvios uhsuahushu E assim dá pra captar melhor a mensagem, sabe. O engraçado é que assisti aos filmes meio que aleatoriamente e no fim acho críticas relacionando os dois. E quantos comentários! São duas produções meio antigas, mas não ficam ultrapassadas, nem esquecidas. É porque tem motivo. 

Clube da Luta

Sinopse AdoroCinema, porque senão fica um post longo demais. 

“Cada palavra que você lê disso sem sentido outro segundo de sua vida que você perde. A sua vida é tão vazia que você não consegue nem pensar em um outro jeito de gastar seu tempo? Você lê tudo que deveria ler? Você pensa exatamente tudo que te mandam pensar? Compra o que você deveria comprar? Saia do seu apartamento. Encontre uma pessoa do sexo oposto. Pare com a compra e a masturbação excessiva. Peça demissão. Comece uma luta. Prove que você está vivo. Se você não for atrás da sua humanidade, você vira uma estatística” (Tyler Durden, Clube da Luta)

"Clube da Luta é sim um filme perigoso. Mas somente para pessoas que não estão dispostas a pensar, a sair da superficialidade e explorar a avalanche de idéias que o filme proprorciona." Leia completo em CinePop.

"A crítica a respeito de Clube da luta se dividiu entre condená-lo como uma apologia da violência ou percebê-lo como "Laranja mecânica dos anos 90"." Leia completo em Scielo.
Antes de tudo: Helena Bonham Carter <3

É um filme violento, não tem como negar. Foi muito criticado por isso, inclusive, porque algumas pessoas enxergaram a produção como um incentivo à violência. Eu não sou nada fã das cenas com sangue e brigas, especialmente aquelas cheias de efeitos especiais e apelação (o que definitivamente não era o caso desse filme, ainda bem), mas tudo fazia sentido. Os membros do Clube da Luta aceitavam a dor para se sentirem vivos e dizerem a si mesmos que não eram mais um produto pronto para ser consumido pela sociedade. Eles buscavam o sentido de suas vidas. Mas essa história acabou de um jeito terrível.

O líder era claramente desequilibrado, suas ideias e seu discurso eram verdadeiros, mas ele procurou lutar contra a violência que o mundo nos faz gerando mais violência. Além disso, aqueles homens que o seguiam acreditaram nele e passaram a obedecê-lo. Eles estavam tentando se libertar simplesmente se submetendo a uma nova maneira de serem controlados. Esses dias eu até estava lendo algo que se encaixa perfeitamente nisso, dizia que com todas as mudanças que vivemos hoje as pessoas fazem coisas acreditando que estão se libertando e agindo diferente do que é regrado, mas no fundo é pura massificação oculta, porque todos fazem o mesmo (às vezes sem nem saber por quê). 

É um filme fantástico. Ele bate no ponto e nos faz questionar sobre a maneira a qual levamos a vida hoje em dia. Consumimos tudo, até as pessoas se tornaram produtos. Somos zumbis que rastejam por aí em busca de dinheiro e de tudo que ele pode nos proporcionar. E isso nos faz tão mal. Não são essas coisas vendidas nas revistas que nos completam. Não são corpos esculturais como os dos modelos que nos farão belos. Também não estou criticando o capitalismo nem nada, porque eu também gosto de consumir. Critico o exagero. 

Enfim, assistam a esse filme e me contem nos comentários suas próprias conclusões :D


Posts relacionados

0 comentários