Diário de viagem : Teresina/PI

17:07


Oioi gente, eu to meio em falta com vocês e tenho muitas justificativas plausíveis pra isso, mas demoraria muito e isso acabaria ficando cansativo, então eu vou dar apenas uma desculpa que é o motivo pelo qual a escritora que vos escreve está a aqui. Bom, semana passada eu viajei para competir para Teresina no Piaui, o que me fez pensar e aqui eu vou estrear uma nova tag "Diário de viagem", toda vez que eu viajar, ou as meninas, se elas quiserem, eu irei fazer um post sobre a cidade, onde eu fiquei e tals, então aqui vamos nós.

Teresina é a capital e o município mais populoso do estado brasileiro do Piauí. Localiza-se no Centro-Norte Piauiense a 366 km do litoral, sendo, portanto, a única capital da Região Nordeste que não se localiza às margens do Oceano Atlântico, sendo portanto, quente pra carai, eu cheguei a pegar 39 graus, as tardes as temperaturas variavam por volta dos 35 graus, e pra competir era horrível. 

Teresina é servida por espaços para o desenvolvimento de eventos educativos e culturais, locais para realizações de feiras, práticas desportivas, exposição, dentre outros, os principais pontos turísticos são: 

  • Central de Artesanato Mestre Dezinho; 
  • Museu do Piauí
  • Museu Municipal de Arte Sacra Dom Paulo Libório; 
  • Museu dos Rios; 
  • Praça da Bandeira
  • Balneário da Curva do São Paulo; 
  • Entre outros. 
Eu não saí, até porque estava lá apenas para competir, mas posso dizer que o Subway era mais barato, o que me satisfez e algumas noites sem jantas por causa da competição, e que o shopping era o dobro do tamanho dos que temos aqui.

O hotel era muito bom, recomendo muito pra quem um dia quiser dar uma passadinha por lá. O nome era Formula Flat Hotel

O hotel era acolhedor, pequeno, mas bonito, o quarto era bem arrumado e o café era o que eu mais ansiava todos os dias ~~gorda haha~~, era um incrível variedade de alimentos, recomendo o suco de laranja.

Enfim, recomendo a cidade, mas sempre lembrem do protetor solar porque a temperatura de lá é o mais difícil de se aturar, mas é isso aí. 

Posts relacionados

0 comentários