Ela

17:35


Ela é um poço de doçura. Apesar de ser um mistério para os olhos ingênuos. Ela encanta a todos por onde passa. Ela anda com certo ar de superioridade e a cabeça sempre erguida. Ela sente muita pena dos reles mortais que pensam que tem alguma chance com ela. Ela decide a dedo seus homens, todos errados. Mas como aproveitar a vida com os certos? Pra mim ela sempre vai ser um ponto de interrogação no meio do ar. Ouço sons de pescoços quebrando assim que seu vestido esvoaçante passa pelas suas visões de gavião. Loucos ingênuos se fantasiam algo com tal mulher. Ela é uma criminosa que mata sem piedade sonhos e esperanças. Ela não precisa de advogados da mais alta classe para se livrar de suas peripécias que acabam lhe causando problemas com a polícia. Ela seduz até o mais casto dos homens e causa a mais pura inveja na mais santa das mulheres. 

Seu ar de soberania causa encantos e raivas. Ela não liga. Tem um corpo feito por Lúcifer para provocar os pensamentos mais pecaminosos para encher seu inferno de almas iludidas por tal mulher incrível. Ela tem uma mente incrível que tem ciência total o que faz, mas não liga. Quem disse que o poder de uma mulher fatal não ultrapassa uma arma nuclear? Seu poder não é detectável com radares ou detido com armas de fogo. Ela não usa pólvora ou defesa. Ela simplesmente anda, anda não, desfila. Desfila como se estivesse em um eterno show da Victoria Secrets.

Ela tem os mais poderosos mistérios que até a NASA sonha em desvendar um dia. Seu olhar brilha mais que cem diamantes juntos. Foi ensinada desde cedo por sua mãe a arte da sedução e levava essa matéria mais a sério que matemática, literatura ou física. Sua arte, tão única, lhe rendeu as mais valiosas riquezas que são impossíveis até para o mais competente dos contadores calcular. Ela é fria como o gelo e azeda como um limão. Seu gosto é único e aqueles que provam estão condenados a um eterno vício mais poderoso que qualquer vício em qualquer droga. Necessidade de estar com ela vira quase uma doença. Ela tem o mais puro veneno em suas palavras, mas sempre disfarçadas com caricias e um tom amoroso que só ela sabe como fazer.

Todas as moças notam o perigo em suas atitudes e o ódio em seus olhos. Todas elas veem como cada movimento seu é orquestrado para o mal. Não os alertem, eles não acreditarão. Estão presos em sua armadilha. Feita pelo emaranhado de seus longos cabelos. Ela é uma peste que se instala por aí esperando por sua próxima vítima. A viúva negra mais perigosa de todas. O mais venenoso dos venenos e o mais doce dos perfumes, apenas esperando para dar o bote. Cuidado homens, ela está à solta.

Postado por: Tuane Peres


Posts relacionados

0 comentários