Setembro amarelo: Falar é a melhor solução

07:12


Que djabo é isso que tão botando cor nos meses todos? Ok, vamos lá, vamos explicar o que anda rolando. 

Além do Outubro Rosa, campanha pela prevenção do câncer de mama, e do Novembro Azul, a campanha para conscientização sobre as doenças masculinas, especialmente o câncer de próstata, agora entramos no mês de setembro e nos deparamos com um mês Amarelo. 

Você sabia que no Brasil, a cada aproximadamente 45  minutos uma pessoa tira sua própria vida? E que, no mundo todo, esse número passa a ser de uma pessoa a cada 45 segundos? Isso é muita coisa, e nem estamos contando nessa estatística com as pessoas que comentem tentativas de suicídio ou pensam em fazê-lo. Até pesquisar sobre isso, eu desconhecia os números. Você, provavelmente também. O motivo disso? Não se fala sobre o assunto. E é o que essa campanha pretende mudar.

Uma das instituições que está promovendo a causa no Brasil é o CVV. Todas as suas 70 sedes no país vão colocar uma faixa amarela na faxada, e os voluntários da instituição buscam o apoio dos Estados, do Município e da Federação para iluminar ou identificar de alguma outra maneira os grandes monumentos e prédios públicos durante o mês. Se estão conseguindo? Bom, dá só uma olhada.

Brasília - DF

Rio de Janeiro - RJ

Curitiba - PR
Temos sim, que falar sobre isso. Chega de tratar como tabu, galera, não é frescura, não é vitimismo, é uma realidade e nós sempre podemos, no mínimo, tentar ajudar. O suicídio é uma última alternativa, é o desfecho de um problema físico ou psicológico e ficar tratando a coisa como se não fosse nada demais só contribui para que ela continue acontecendo. Você sabia que para mais 90% dos casos de suicídio existe prevenção? 

Em todo o país estão rolando passeatas, palestras, distribuições de materiais de informações sobre o assunto. Como ajudar com a campanha? Ilumine ou identifique a fachada de casa, promova o amarelo por aí.  Faixas, balões, cartazes, camisetas, passeatas. Espalhe o amarelo de setembro, basta falar sobre, e já estará ajudando. E, se por acaso conhecer alguém que possa estar com pensamentos sobre suicídio, não a deixe sozinha. Ei, colega, você não tá nem um pouco sozinh@ nessa, ok? 

Nós, do CDG, estamos sempre aqui. Não estamos dispostas a ouvir apenas histórias de amor. Nós estamos aqui para você, sempre que precisar, para o que precisar. 

Para saber mais sobre o CVV, clique aqui. Para pedir a eles ajuda, entre no site para buscar o endereço da sede de sua cidade, fale com eles diretamente pelo chat do site ou ligue 141. 

Não desista. Setembro amarelo. Porque a vida vale a pena.


Postado por: Bárbara Andrade

Posts relacionados

0 comentários