Não precisa fazer escândalo só porque você não gosta da música, migs

09:46

Imagem de music, vintage, and blue

Esses dias me peguei ouvindo Anitta no Spotify. Lembrei que na noite anterior fiquei até tarde dançando no aniversário de uma amiga. Eu era a louca da pista de dança, todo mundo tranquilo e eu enchendo o saco dos meus amigos pra dançar. É engraçado pensar nessas coisas porque uns três ou quatro anos atrás, para mim, seria algo inadmissível. Numa época em que eu tomava cuidado para as pessoas não descobrirem que eu escutava certas músicas escondida enquanto ostentava para todo mundo o meu maravilhoso gosto musical.

Nesse mesmo tempo, eu não dançava. Não porque não gostava, porque se eu não gostasse, aí tudo bem. Mas porque eu não queria que me vissem executando meus passos desajeitados, muito menos ao som de certos estilos musicais. Tinha medo de ser julgada. Sempre tive uma vida regrada para não parecer ridícula ou intelectualmente inferior a ninguém. Isso acarreta muito valor para a opinião alheia. Aliás, babaquice alheia. E é muito cansativo também.

Chega a ser incrível o escândalo que algumas pessoas fazem quando começa a tocar algo como funk. Não aprecio letras explícitas demais, mas algumas músicas são tão gostosas de dançar, que hoje eu me pergunto: por que não? Por que não ir lá e dançar mesmo sem saber direito? Além disso, por que me estressar e deixar meu dia ser destruído só por estar em uma festa, por exemplo, e ter que escutar uma música que eu não gosto? Eu não gosto, mas tem gente que gosta. É normal. Não precisa fazer escândalo por isso não. 

Quando a gente quer saber o quanto alguém é inteligente, a gente conversa com ele. Descobre suas conquistas, seus interesses e todas essas coisas, e às vezes nem dá para julgar só por isso. Para entrar numa faculdade, aplica-se uma prova para testar os conhecimentos. Não se analisa os CD's de ninguém não. Aquela garota que escuta MPB pode ser uma perfeita idiota, assim como o cara que "perde a linha" na balada pode ser um dos homens mais estudiosos que você conhece. 

Então vamos parar de encarar as coisas desse jeito, né, gente? Se você acha determinado estilo de música ruim e massificado, ao invés de reclamar, deveria tentar entender porque as pessoas consomem tanto músicas assim. Por que os cantores famosos atuais falam tanto em ostentação? Por que eles são famosos? Garanto que não é só para te irritar. As pessoas reproduzem na música aquilo em que vivem ou acreditam. Além de que tudo tem um contexto histórico, tudo tem uma boa explicação. 

Quer sair quando toca Justin Bieber? Eu sairia uns anos atrás, mas não mais. Pode ir embora, e leva seu preconceito com você. E aos que ficam, parabéns. Aguenta aí que daqui a pouco a música acaba e pode ser que comece alguma que você goste. A qual o seu amigo pode não gostar. Mas a vida é cheia dessas coisas mesmo. 


Ah, e se você conhecer músicas nesse estilo, dançante, deixa nos comentários que eu coloco também  =D E bora perder o medo de gosta de Calypso até Chico Buarque, que a vida é muito curta para ficar regrando as músicas que nos fazem felizes <3



Postado por: Ana Letícia

Posts relacionados

0 comentários