Mais uma nota de esclarecimento

15:53


Sim, cá estou eu de novo fazendo mais uma dessas. Acreditem, eu não gosto nem um pouquinho de quantas dessa estão aparecendo pelo blog ultimamente, mas prefiro escrever do que sumir sem nenhuma justificativa.

No finalzinho de dezembro eu viajei para Natal, de férias, e por mais que eu tenha desejado em alguns momentos, não tive a oportunidade de escrever nada para o blog em momento algum. Pensei, inclusive, em escrever sobre a viagem, fazer uns posts contando sobre o tempo lá, mas não tenho a organização da Ana para fazer isso e, sendo bem sincera, acho que foi uma experiência que mexeu comigo de um jeito que prefiro guardar só pra mim. 

Nesses dias de viagem, tive várias ideias, vários pedaços soltos de textos, vários momentos de inspiração, e obviamente não anotei nada para tentar produzir depois. Agora, ainda de férias, estou em Brasília e tenho todo o tempo e recurso necessário para entupir esse blog de conteúdo, mas... Cadê as ideias? E quando elas aparecem, cadê a coragem de levantar, ligar o computador e produzir? Mas eu não fico bem deixando o blog de lado, é como abandonar um pedacinho de mim, então eu prometo que vou tentar voltar a ativa enquanto as aulas não começam - porque aí sim, o bicho vai pegar. 

Vim falar também (não pedi permissão e não tô nem aí, reclamem depois se quiserem) pela Ana e pela Tuane, que estão na mesma que eu. Falta ideia, falta coragem, falta motivação, falta a empolgação com o processo criativo. E, a partir desse último dia 25, voltou também a faltar tempo, pois as aulas no IFRN voltaram e elas já estão na correria de novo. 

Então estou aqui para me desculpar em nome da nossa equipe pelo abandono, para dizer que nós não esquecemos desse nosso espaço virtual tão especial e pedir que, se for possível, tenham paciência, por não vai ser um ano sem muitas responsabilidades e afazeres para ninguém.

Sobre a minha viagem, a Ana falou um tantinho sobre isso no post sobre o nosso aniversário (que foi maravilhoso, aliás). Assim como ela, em diversos momentos bons eu acaba ficando chateada com a ideia de que tinham prazo para acabar e começava a sentir saudade antes mesmo de estar longe de todos outra vez. Até perceber que estava fazendo isso e passar para mim mesma um sermão. Agora, realmente distante outra vez, meu peito já está cheio de saudade, mas também cheio de gratidão pelos dias maravilhosos que passei por lá, pelas pessoas lindas que eu revi e pelas pessoas novas que finalmente conheci. Vocês me deram um bocado de coisas fabulosas para lembrar com muito amor para sempre, obrigada. 

Aos nossos poucos leitores regulares e aos possíveis novos leitores: voltaremos. 

Postado por: Bárbara Andrade

Posts relacionados

0 comentários