A voz da certeza

14:52

Imagem de grunge, silence, and dark

A verdade é que nós dois nunca nos encaixamos muito bem. Nossas conversas eram repetitivas e em comum tínhamos apenas os amigos. Até hoje não sei quais sãos seus verdadeiros sonhos, ou o que músicas você escutaria numa tarde chuvosa. Você provavelmente não sabe o que me causa um sorriso espontâneo no rosto, nem quis assistir aquela série que eu te indiquei. Suas piadas sem graça sempre me fizeram rir, mas confesso que o seu olhar nunca me causou nenhum sintoma de interesse. Não há nada com você, é claro. Eu sei que devo ter te feito sentir do mesmo. Ou melhor, não sentir nada. 

Sei que devo ser só mais um rostinho entre dezenas, e um beijo qualquer entre muitos mais empolgantes. Afinal, nem nisso nós combinávamos. Você com seu jeito calmo, e eu sempre fora de sintonia com todos os outros seres humanos. Sempre estive com o pé atrás, porque algo me dizia que alguma coisa não estava certa. Mas a gente tem que tomar o caminho errado de vez em quando. E assim, mesmo sem que eu criasse qualquer expectativa, você conseguiu me decepcionar. 

Nós nunca tivemos nada demais, nunca fomos certos juntos e eu não fazia questão de nada além disso. Suas palavras significariam tanto quanto os seus beijos, mas foi o seu silêncio que me angustiou. Era boa, para mim, a certeza de que nada estava certo. Porém, com o silêncio vieram as duvidas e todos os "talvez" eram como facadas para mim. Eu nem devia me importar, nem deveria estar pensando nisso. Mas a dúvida me consumia e você só parecia estar cada vez mais nem aí. 

Olhando pelo outro lado, foi dessa vez que eu descobri minha voz e a coragem para trazer certezas para a minha própria vida. Eu não podia esperar mais que você desse um rumo ao que nós tínhamos, e quebrei a barreira entre nós para, ironicamente, transformá-la em eu e você. Cada um no seu canto. Você, de qualquer que seja a maneira como você estava, e eu, completa. Totalmente confiante do que eu queria e com força de fazer a coisa certa. O que, ironicamente, eu aprendi estando com a pessoa errada.

Postado por: Ana Letícia

Posts relacionados

0 comentários