Era uma vez: Um cara de sorte

18:15


Anônimo. 

>século 2k+56/4
>escola nova
>conheci uma galera antes das aulas, no oqueapp
>sacomene, escola federal, concurso e sasporra, todo mundo se conhece logo antes
>14 anos, beta betoso mas parça de todo mundo
>primeiro dia de aula
>vejo que tem um pessoal que eu ainda não conhecia
>mina 7/10
>depois de fazer amizade com todos, comecei a falar com ela
>o nome dela é Bianca (alterado), mesma idade que eu e mora no interior, longe pra krl daqui
>uns 2 meses depois, a gente conversa todo dia entre as aulas e ja somos bons amigos
>metade da turma ta "shippando" a gente
>acho isso meio estranho, porque mesmo a personalidade dela a deixando 10/10, eu não gostava dela desse jeito
>mais 2 meses
>eu comecei a gostar dela de verdade
>porem, como tudo na minha vida da errado, ela subitamente para de falar comigo
>bad.png
>com isso, parti pra cima de uma mina que aparentava querer meu corpo nu
>era uma velha amiga minha, estudava em outra escola e pa
>seu nome é Debora (alterado)
>milenio outubro
>peço Debora em namoro
>ela aceita
>fuckyeah.jpg
>salto temporal no tempo-espaço
>seculo 2k+2⁴-1
>milenio maio
>percebo que eu não to gostando da Debora do mesmo jeito
>mas como sou um beta de merda, não tinha coragem nem de terminar
>por algum motivo eu achava que consegueria muda-la e gostar dela de novo
>fail.exe
>mas continuei com ela
>Bianca voltou a falar comigo faz uns 2 meses, o que é ótimo
>ano junho
>mês 24 do ano junho
>tenho um sonho
>um sonho real pra krl
>so tenho sonhos reais assim com coisas que provavelmente vão acontecer
>e foi real pra krl
>tipo o 7x1
>o que aconteceu no sonho?
>aconteceu tudo que aconteceu na escola naquele mesmo dia
>BUT A PLOT TWIST APPEARS
>quando eu tava indo embora
>eu viro pra olhar pra tras
>Bianca ta la
>a gente passa meia hora se beijando
>bestdreamever.psd
>acordo suando
>passo uma semana refletindo que sonho foi esse
>tava ficando muito louco
>meu psicologico é fraco
>eu tava enlouquecendo
>eu finalmente percebo que to gostando da Bianca de novo
>séloco cachoera
>dia 10 do milenio julho
>festa na escola
>to com uns parça
>ela não foi pra festa porque mora longe e não tinha como voltar
>ela fala comigo no oqueapplicativo (whatsapp em libanês)
>passo o resto da festa falando com ela
>fodasse as parada ao meu redor
>chego em casa continuo falando com ela
>rolou umas quimica
>devo tar viajando mas blz
>ela foi dormir
>durmo pensando nela
>dois dias depois
>uns brother chama pro cinema
>chamo a glr da escola
>inclusive ela
>ela aceita
>dia do cinema
>sento do lado dela
>passo o filme todo tentando arranjar um jeito de me aproximar mais dela
>masoq
>a wild consciencia appears
>eu tenho namorada
>não posso fazer nada
>então no filme todo, a unica coisa que fiz foi segurar por uns 3 segundos a mão dela
>vai rolando mais abraços e quimica durante a escola, mas nada de mais
>mes 24
>quebro o dedão direito jogando basquete
>nem sabia que tava quebrado, so tava doendo pra krl
>continuei jogando, tomei banho e peguei o busão pra casa tudo isso sem usar o dedo
>sorte que eu sou canhoto
>ela pede pra eu ir pro medico de uma forma tão carinhosa que eu nem acreditei
>so fui no medico uma semana depois
>tava quebrado aquela merda
>tive que botar gesso naquela merda
>gesso é uma merda
>eu faço tudo com excessão de comer e escrever com a direita
>e agora tinha um gesso atrapalhando essa merda
>não podia nem upar mais nessa merda
>adeus cod
>adeus gta
>fdc essa merda
>mexo com informatica e não consigo usar o mouse, maravilha
>enfim, tava entrando aos poucos em depressão
>dia 6 de um mes antes de setembro
>rola outro filme no cinema
>vou de mãos dadas com ela ate a saida so shopping
>dia seguinte
>houston we have a problem
>meu amigo Tiago (alterado) vem desabafar e diz que gosta da Bianca
>ah filho duma puta
>e agora?
>ninguem sabia que eu gostava dela
>eu não ia dizer pra ele nem fodendo
>o mlq é zoado pela sala toda, não quero foder ainda mais a vida dele
>eu sou um beta fuderoso e altruista pra krl
>decidi que ia ajudar o brother a pegar a mina
>sim
>eu fiz isso
>me julguem
>me espanquem
>pois bem, vou ajudando o mlk
>ano 15
>é o dia em que vou tirar essa merda do meu braço
>sim, eu quebrei o dedão e engessaram meu antebraço todo
>chego la na morelvers
>sorridente todo
>feelsgood.wav
>ai
>a fodendo doutora
>olha o raio-x
>e diz que meu dedo ainda ta quebrado
>"vamo deixar mais 10 dias"
>VASEFODEEEEEEEEER
>mano, maior frustração da minha vida
>fiquei muito puto
>depois disso fui encontrar um pessoal da sala no shopping
>ela tava la
>man do ceu, ela não parou de me abraçar
>eu tava na maior bad do krl
>mas ela tava me fazendo sentir melhor
>ela sempre me fazia ficar mais feliz
>mesmo quando eu ja estava bem
></melosidade>
>cara, eu não parava de olhar praqueles olhos escuros lindos e pro cabelo dela caindo no ombro
>eu tava vendo todos os detalhes dela com muito afeto
>me decidi
>vou tomar coragem uma vez na vida
>decido que vou terminar com a minha namorada
>marco de encontrar com ela as 13:30 no shopping na quinta-feira dia 20
>vai passando a semana
>continuo ajudando o mlk
>ate que
>ele diz abertamente pra Bianca que gosta dela
>ela diz que não sente o mesmo
>PEGA PORRA SUBIR ARVORE É O KRL PORRA
>mas ele continua mandando umas mensagens melosas e ficando muito em cima dela
>ela me pede ajuda pra como evitar isso sem parecer rude
>e eu continuei ajudando ele
>mas sabia que não ia dar em nada
>o jogo virou, hein
>todo mundo da sala achava que eu tava ficando com Bianca
>se perguntasse a qualquer um, ele jurava que a gente tava de role
>a gente nem tinha nada
>mas pro resto do mundo, a gente passava tempo demais junto pra quem não tem nada
>mas Tiago era o unico que não achava isso
>ele era o unico que nem notava que eu passava tempo demais com ela
>tipo
>todo dia eu passava a tarde na escola
>so pra passar mais tempo com ela
>enfim, ano 20 chegou
>esse dia
>não seje esse dia
>so teve o primeiro horario na escola, eu e meu grupo de artes vamo pro parque pra gravar as cenas pra um projeto valendo 10
>blz, fomo pra la de 8 horas
>voltamo de 12
>no sol
>eu tava desidratado antes disso
>cheguei na escola passando mal
>e fui almoçar ainda
>almoço seco pra krl, passei mal ainda mais
>provavelmente tava com febre de andar meia hora com o sol na cara sem beber agua ha horas
>deu a hora
>fui ate a praça de alimentação
>entrei em um fodendo choque termico com o ar condicionado do fodendo shopping
>mano, eu tava começando a delirar
>encontro Debora
>conversa vem, conversa vai
>conto que quero terminar
>fico meia hora com ela, pra deixar ela absorver a informação
>ela chorou um pouco
>me senti mal pra krl
>a coisa que eu mais odeio é magoar alguem
>e ela tava chorando
>fui embora dali porque era dia de reunião com os pais
>vocês não sabem, mas meu pai passou 6 meses fora e tinha recem-chegado
>era ele quem ia pra reunião
>enquanto esperava ele, duas garotas da minha sala perguntaram como eu ia com Bianca e assinaram o nome dela no meu gesso
>reunião acaba
>encontro meu pai
>ele diz o que rolou la e talz
>e diz que na segunda-feira vai embora de novo
>pra irlanda
>meu pai é o meu idolo
>e eu tava perdendo ele de novo
>mizerávi
>o dia estava indo super-bem
>sarcasm para os leigos
>Bianca da mais sinais de que gosta de mim
>eu to sentindo vontade de vomitar, febre, delirando, dor no corpo todo, alucinando altas viagem, tremendo e num estado psicologico totalmente devastado
>eu nem percebi que ela tava dando em cima de mim
>vou pra casa
>adivinha?
>ta tendo protesto
>interditaram a rua
>o unico busão que vai pra minha casa não conseguia passar ali
>fudeu.mp3
>fudeumuito.mp4
>a parada com outro onibus ficava a 500 metros dali
>resolvi ir ate la
>30 fodendo minutos
>o onibus não passou
>realizo que ele não vai passar nunca
>resolvo ir andando, afinal são só 3 quilometros
>pior ideia
>1 km andado
>a ansia de vomito aumenta muito
>paro pra descansar em uma parada
>meu onibus chega
>aleluia
>aleluia o krl
>aquela porra tava mais cheia que a cama da sua mãe
>tinha gente pra fora da janela de tão lotado
>eu não entrava ali nem fodendo
>resolvo ir andando logo
>mais 1 km andado
>ta foda
>fodenão.txt
>não aguentei
>vomitei no meu sapato, sujei a calçada toda
>6:30 da noite, não tinha quase ninguem, então sussa
>andei o km restante quase me arrastando
>chego em casa
>apago na cama
>falto aula no dia seguinte
>Bianca diz que sentiu minha falta
>ela diz que desistiu do garoto que ela gostava e que agora vai atras de quem ela realmente amou esse tempo todo
>eu digo que ele vai trazer mais sorte que o outro
>"promete?"
>"prometo"
>impressão minha ou isso foi uma indireta fodendamente direta?
>ela pergunta quem é a garota que eu gosto
>eu não podia dizer sem ser pessoalmente
>"segunda eu digo"
>ela passou o fim de semana pedindo informações sobre ela
>chega a segunda
>ano 24
>ela chega atrasada por uns motivos la
>acabou a aula
>é agora
>oh wait
>ela ta se distanciando de mim
>q q ta conte seno?
>ela ta com uma amiga dela e um amigo meu
>eu to vendo isso de longe
>logo chega mais amigas dela
>eu decido ver o pessal do meu grupo de artes
>tão gravando uma cena pro projeto
>não precisam de mim agora, mas tava ali pra dar apoio
>meu amigo que tava com Bianca, Marcelo (alterado), chega dizendo:
>"Anão (anônimo em gtês), mesa do lado do ginasio de 13:30. Se você não for é vacilo"
>entendi imediatamente do que ele tava falando
>bolei todo um dialogo pra falar a ela
>cheguei 15 minutos adiantado
>e ela 20 minutos atrasada
>eu não me importei
>quando ela chegou
>ela tava la
>isso que importa
>eu fiquei sem palavras quando vi ela
>tudo aquilo que eu tinha bolado, tinha ido embora
>não tinha palavras pra descrever o que eu sentia naquele momento
>tudo que consegui dizer foi "é você, sempre foi você"
>nos beijamos
>melhor beijo da minha vida
>a gente conversou pouco sobre como iamos ficar e pa
>ela não queria namorar
>no problem
>tendo você, mesmo não namorando, ja é perfeito
>a gente passou um bom tempo conversando
>mas tanto eu como ela tinhamos que gravar nosso projetos pra materia de artes
>me despeço dela com um abraço extremamente longo
>eu acompanhava ela ate o onibus as vezes, mas a partir desse dia, eu sempre acompanhei
>pequeno detalhe, ela vai num onibus especifico que so sai de 17:40
>no dia seguinte
>eu ainda tava sobre efeito da quinta-feira
>eu tava alucinando, não tava bem mesmo
>acabei dando menos atenção a ela do que devia
>sei la, nos 2 estavamos estranhos
>eu sei que ela ficou um pouco magoada com isso
>no dia seguinte eu tava alucinando ainda mais
>comecei a agir como um namorado super-grudento, mesmo não estando namorando
>a gente tava muito estranho
>decidimos so sermos amigos mesmo
>aparentemente a gente não dava certo
>todo mundo dizia que a gente combimava muito por sermos opostos mas termos varias coisas em comum
>mas aparentemente, a gente não combinava
>na quinta-feira, eu fui embora cedo, tava bad demais pra ficar la
>sexta-mercado
>ela faz uma prova de recuperação
>eu espero ela sair
>a gente fica conversando esperando todo mundo sair
>a professora disse a nota de quem tava la ainda
>ela tirou exatamente a nota que precisava pra passar
>ela ficou extremafodendamente feliz
>e me beijou
>lembra que eu disse que tinha sido o melhor beijo da minha vida?
>esquece aquilo
>esse foi o melhor beijo da minha vida
>krl aquilo me deu muita esperança
>a gente conversou um pouco e decidimos tentar de novo
>segunda, mes 31
>abertura dos interclasses a noite
>precisava de gente pra torcida
>tudo meio escuro com umas luzes piscando
>tinha passado o dia trabalhando fazendo decoração praquilo e ainda tava colando umas fitas em todo mundo
>bemlouco.doc
>olho pra tras e vejo Tiago "encurralando" Bianca, de forma que parecia que eles iam se pegar
>dava pra ver a cara de pedido de ajuda de Bianca, mas se eu atrapalhasse, Tiago ia desconfiar
>no final de tudo, ele foi embora e ter feito isso tudo só deixou ela com raiva dele
>ela precisava ir pra casa em um tempo
>a gente ficou uns 10 minutos e eu levei ela ate o onibus
>não pude ficar na escola no dia seguinte
>mas na quarta mes 2 do milenio setembro
>a gente ficou de verdade pela primeira vez
>foi mais de 2 horas de pegação
>e depois disso a gente meio que começu a agir feito "namorados"
>aquele dia foi perfeito
>no dia seguinte foi do mesmo jeito
>na sexta eu tinha que ir cedo pra casa
>porem aconteceu um acidente bizarro que trancou a rua toda
>wtf.jpeg
>voltei pra escola e fui ver ela
>ela tava na porta da sala de aula
>tava todo mundo la dentro
>não tinha ninguem no corredor
>a gente dar uns beijos
>quando de repente
>surprise modafoca
>um amigo nosso nos vê
>mas ele sempre desconfiou mesmo, então de boa
>voltei e ja tinha limpado o transito, ai sim fui pra casa
>feriadão
>3 dias em casa
>tuts tuts
>porem eram 3 dias sem ela
>mas celular ta ai pra isso
>passamos o tempo todo conversando
>ano 8 de 7mbro
>a gente ta de tarde conversando
>conversa vai, conversa vem
>ela diz que ontem passou o dia pensando se devia me pedir em namoro
>wut
>conversa vai, conversa vem
>peço ela em namoro
>ela me abraça forte e me olha sorrindo
>"você sabe que eu quero, mas sabe o que eu penso sobre namoro. Desculpa"
>éoq.exe
>dia 7+7
>poucas pessoas sabem sobre nós, mas aparentemente Tiago descobriu
>ele tava falando umas coisas estranhas e tal, com certeza tinha descoberto
>fim da tarde, estavamos eu e Bianca conversando normalmente
>ta um clima um pouco romantico
>então eu peço ela em namoro de novo
>ela sorri e diz
>"achei que a gente ja estivesse namorando"
>AEW PORRA
>FODE SIM
>AQUI É BORYBUILDER PORRA
>fiquei feliz d++++
>agora era oficial
>a gente tava namorando
>decidimos que a data em que realmente começou o namoro foi o dia 2
>por que?
>essa foi a primeira vez que a gente ficou de verdade e a gente agiu do mesmo jeito um com o outro desde então
>next day
>voltando do shopping com ela e os brother
>uma moça que fica do lado de fora com artesanato chama a gente de casal e pede pra chegar perto
>eu fui porque achei ela educada e bem legal :)
>ela fez um chaveiro em formato de clave de Sol com um metal cor de ouro pra mim, e eu dei pra Bianca logo em seguida
>nos 2 não gostamos de melosidade e talz, mas nesse dia a gente tava meio meloso
>a gente passa a tarde abraçado e vez ou outra tem uma declaração
>ela colocou a clave na pulseira vermelha que ela usa, e nunca tirou de la
>dia 17
>recesso chegando (sim, o calendario dessa escola é todo bugado)
>não tinha aula pra minha turma, todos os profs tavam viajando ou não iam pra escola
>mas eu e ela fomos
>era meu aniversario
>não podia escolher alguem melhor pra passar o dia
>7 da manhã
>a gente vai pra um lugar pouco movimentado
>passamos o dia inteiro ficando e conversando ali
>aproximadamente 10 horas sem sair de la
>foi o melhor aniversario que eu ja tive
>happy4ever.png
>oh wait
>dia seguinte é o recesso
>não vou ve-la
>isso é horrivel
>passo os dias em casa, como sempre, mas conversando com ela o dia todo
>pelo menos ameniza o fato de estarmos longe
>ai
>uma galera marca um role aleatório
>dia 14•4/2
>finalmente
>eu podia abraça-la de novo
>abovetheclouds.doc
>na moral, eu me sentia no céu
>a gente ficou um bom tempo sozinhos, ja que marcamos de nos encontrar mais cedo que todo mundo
>depois de algumas horas, Tiago chega
>porem, ele fica meio que encarando a gente
>era bem estranho
>acho que ele não estava muito bem com o fato de eu estar com a Bianca
>todo mundo indo embora, vou com ela ate a parada e espero o onibus dela, depois volto pro shopping mas continuo falando com ela
>jump to 16/10
>aulas ja tinha voltado faz duas semanas
>tudo normal, feliz como sempre
>mas ela tava mais agressiva nesse dia, o que é estranho
>no dia seguinte ela vai no salão
>e quando volta, ela ta com umas bolhas estranhas e febre
>flashback: no dia 2, ela foi pra casa da amiga que tava com catapora, porque ela tambem queria pegar catapora
>mas não tinha tido nenhum sinal de que tinha sido contagiada
>até agora
>ela passa o fim de semana piorando
>ela vai pra aula na segunda porque precisa fazer uma prova de recuperação
>ela fica longe de todo mundo, mas eu fico perto dela
>não me importava se eu ia pegar catapora
>eu só queria tirar a atenção dela da doença pra melhorar o humor dela
>mas esse foi o ultimo dia em que ela foi pra aula por um tempo
>ela não tava em condicões de ir
>e eu fiquei sem ela de novo
>mas ela não ficou tanto tempo sem ir pra aula
>no dia 29 ela volta
>pooorem
>ela ta estranha
>ela ta muito agressiva
>ela não ta nem me dando bola direito
>ta passando muito mais tempo, dando muito mais atenção e sendo mais carinhosa com varios outros caras
>bizarro
>mas ok
>eu não tenho tanto ciumes
>deu aquele rage basico, mas eu segurei
>mas tava foda ver aquilo
>pausa no gt pra vocês me conhecerem
>eu sou um cara depressivo
>de psicologico fragil
>que cria as piores situações na propria mente sem controle nenhum
>eu tava entrando levemente em depressão por isso e mais fatores
>vontade de viver, que é bom, nada
>enfim
>foco no gt
>ela continua assim por varios dias
>ta virando rotina ja
>ela ta agindo estranho mesmo
>eu pergunto se ela ta bem de verdade o tempo todo
>ela diz que ta
>mas eu sei que é mentira
>ela nunca me conta esse tipo de problema mesmo
>então no dia six de 9mbro
>lembram daquela clave de sol que eu dei a ela e ela usou numa pulseira?
>bem, de algum jeito aquilo caiu
>e ela não sabia onde tava
>ela faltou aula pra sair procurando pela escola
>eu fiquei mal por aquilo
>tinha que dar um jeito de compensar
>a gente passa a tarde conversando normalmente
>faltam 10 minutos pro onibus dela sair
>e o caminho até la leva uns 8
>"vamo rapido então"
>no meio do caminho
>uma moça como aquela da clave chama a gente
>Bianca não para, mas eu puxo ela
>"vou me atrasar" ela diz, preocupada
>"nem vai"
>eu sabia que valeria a pena esperar um pouco
>a moça era super-gentil
>a gente falou um pouco com ela, e ela tambem fez algo para que eu desse a Bianca
>so que não foi um pingente
>e sim um anel
>um anel feito com um fio de cobre e com um desenho de uma colcheia (quem manja das musica sabe o que é)
>Bianca raramente sorri
>mas nesse momento ela tava com um sorriso gigante
>ela adorou o anel
>ela pega o onibus normalmente
>"eu disse que você não ia se atrasar"
>ela da um sorriso, me beija e entra
>século 10
>ela ta meio depressiva
>ela me pergunta se eu percebi ela meio estranha
>OH RLY?
>NEM REPAREI
>PODE CONTINUAR ASSIM
>eu disse a verdade calmamente
>ela tava estranha mesmo
>ela começa a agir de uma forma mais natural dela
>mas ainda ta meio depressiva
>ela vai melhorando com o tempo, talvez tenha sido só uma fase
>milênio 10+6
>falto aula de quimica pra ouvir musica e escrever esse gt
>tava sem saco pra quimica e meio puto com a vida e talz
>hoje é dia 19
>finalmente to terminando
>4 dias escrevendo sobre a minha história de amor
>só escrevia durante umas aulas chatas e antes de dormir
>Bianca e eu estamos juntos fazem mais de 2 meses
>os melhores 2 meses 17 dias e 5 horas que eu ja tive
>e eu espero que dure pra sempre
>ela faz eu me sentir o cara mais sortudo do mundo
>ela me completa, assim como eu completo ela
>ela faz meu mundo ser especial
>todo mundo devia ter alguem que te fizesse se sentir assim
>meu conselho?
>se achar alguem que te faça sentir como Bianca me faz
>dê valor a ela como nunca deu a ninguem
>porque essa pessoa é quem vai te animar quando você estiver mal
>ela que vai te dar forças pra levantar de qualquer queda
>então trate-a o melhor possivel
>obrigado a todos que leram
>espero que vocês achem alguem que complete vocês assim como eu
>nossa historia teve algumas complicações, mas o que seria da vida se ela fosse facil?
>eu te amo, Bianca

O projeto Era Uma Vez reúne histórias de amor, de qualquer intensidade e de qualquer formato. Conheça mais sobre o projeto neste post, e nos envie sua história de amor através do email: cacadoradegalaxias@hotmail.com não seja tímidx <3

Nem dá para acreditar que você é um cara de sorte com tantas descompassos no meio da história, mas no final eu preciso concordar; você tem muita sorte de ter alguém que te faz sentir tão bem assim.

No Word, essa história dava mais de 11 páginas, mas resolvi publicar todinha de uma vez para não quebrar o fluxo dos acontecimentos. Amei? Adorei? Achei tudo? Sim, meus amigos. Meu único incômodo foi com o uso da palavra ''depósito'' no texto original, termo comumente utilizado por alguns grupos na internet para designar mulheres ou, como eles chamam, ''depósitos'' de porra. É um termo extremamente misógino, porém, naturalizado pelo uso. Ainda bem que nós (caçadoras de galáxias) estamos aqui para desconstruir o cotidiano, caso seja ofensivo, e questionar o uso de expressões do tipo, e que o autor do texto gentilmente concordou em substituir a palavra por ''mina'' =)

Obrigada por compartilhar seu amor conosco <3 

Postado por: Ana Letícia

Posts relacionados

2 comentários

  1. Tiago? Aff, ele podia ter deixado o meu nome original mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode dizer que voce tem uma vida/personalidade dupla agora :p auhsauuahs

      Excluir