#30DAYSBLOG aniversário de namoro

22:52

Gente, sinto muito muito muito pesar por ter falhado logo no segundo dia de desafio. Eu sabia que não seria fácil. Tive minhas justificativas para estar caindo de sono ontem à noite, mas não vêm ao caso. Hoje postarei dois textos compensando o dia anterior e o desafio deste dia. Mas, sinceramente, eu tenho que aprender a ser mais relaxada. Eu não sou realmente obrigada, sabe? Isso precisa ser prazer, diversão. Acontece que eu me cobro MUITO. Eu não aceito que as coisas deem errado ou que eu não execute tudo com perfeição. Não é um defeito fácil de se lidar e nem de se perceber. Precisei de dois anos de terapia para aceitar essa dinâmica prejudicial na qual funciono. Porém, tendo conhecimento, é possível mudar. Será lendo e dolorido, mas extremamente necessário. 

Dia 02 - Fale alguma experiência recente 


Escolhi um dos acontecimentos mais belos de abril para relatar. Eu e meu namorado, Xia, fizemos seis meses juntos, algo que muita gente deixa passar despercebido, mas nós fizemos questão de fazer algo especial um para outro. Essa atitude não veio de cobranças, mas foi uma decisão natural e espontânea dos dois. Ambos gostamos de fazer nossos próprios presentes, então simplesmente tivemos ideias e muita vontade. Da criatividade e dedicação, tivemos resultados ótimos. Vou falar um pouco sobre eles por aqui, afinal, mês que vem já é dia dos namorados (essa data capitalista aí), e pode te dar alguma ideia para conquistar alguém :P

Minha ideia inicial era fazer uma caixa enfeitada, como as do Pinterest (melhor lugar para se inspirar), e encher de comida dentro, pois o amor se faz pela barriga. Não tenho imagens aqui do que eu fiz, mas garanto que ficou bem diferente do imaginado haha Revesti uma caixa de sapatos com um papel de presente prateado (que eu comprei por R$ 0,50 numa cidadezinha do interior, algo impossível de acontecer aqui na capital) e a enchi de docinhos. Minha pretensão era colocar um ovo de chocolate caseiro dentro, mas minhas pesquisas apontaram que brigadeiros feitos por mim mesma tinham um custo benefício beeeem maior. Sem falar que ficaram muito gostosos, modéstia a parte. 

Se você gostaria de fazer uma festinha para comemorar o aniversário de namoro ou outra data especial, mas por algum motivo não consegue preparar a surpresa sem que o seu amor veja, o post de hoje é para você! Preparei um Kit Digital para que você monte uma Festa na Caixa completa para surpreender em qualquer comemoração!  No Kit Digital você encontra diversas tags, rótulos e enfeites para que você use sua criatividade e personalize sua Festa na Caixa da maneira que desejar. Além de tags pront...:
Expectativa....

Quando falta aquele famoso recurso financeiro, a gente apela para outros métodos. Ao invés de foto, coloquei um desenho engraçado que fiz da gente há um tempo. Quando a mulher do Lula morreu, eu vi essa foto do casal e achei tão cafona e tão fofa, que resolvi criar uma versão minha e de Xia. Ao lado, coloquei uma pista para o desafio que havia inventado, o qual ele deveria desvendar e, no final, receber minha cartinha. Aí que estava o ponto principal do meu presente: um enigma. Vou colocar, a seguir, o relato de Xia na resolução do enigma, mas posso adiantar alguns pontos do processo:


  1. Enviei um e-mail misterioso com o título "na hora certa você saberá" contendo um PDF trancado com senha antes de ele receber a caixa. 
  2. Pedi ajuda para cinco amigos dele, que inventaram enigmas sobre si e palavras chaves para que  Xia dissesse quando desvendasse. Uma pista levaria a outra. 
  3. Quando ele recebeu a caixa, desvendou o primeiro mistério, disse a palavra chave para primeira pessoa e ela o forneceu um número. O número era a senha do PDF. 
  4. No PDF, havia outro enigma. Ele levava até a segunda pessoa, que só entregaria a próxima pista no dia seguinte, e ele teria que procurá-la na universidade. 
  5. Em seguida, a terceira pessoa levava até uma playlist. As músicas tinham a ver com nosso relacionamento, e as letras inciais formavam uma mensagem. 
  6. Por fim, o último enigma estava em um site, e era sobre o irmão dele, que estava com a carta o tempo todo. 
MAS XIA QUASE ESTRAGOU TUDO, ele viu, sem querer, minhas mensagens para o irmão dele. Assim, ele descobriu que a carta estava no quarto dele. Eu o fiz levar a carta para o irmão sem que ele soubesse, de maneira genial, colocando dentro de um saco de resumos que eu emprestei. Mas não adiantou. Confesso que fiquei muito chateada na hora, pois estava muito empolgada. Só que no fim nem fez diferença. O desafio deu certo do mesmo jeito. Ele ficou super envolvido no processo e não descansou até o final, além de ter respeitado as regras e não ter ido xeretar antes da hora.  

Xia: 

"Primeiro: eu quase estrago a surpresa sem querer. Divido o computador com meu irmão (que era um dos participantes do presente) e ele deixou o face aberto. Como em outra aba estava o meu face também aberto, nem me preocupei em olhar de quem era a conta, afinal, era uma mensagem da minha namorada, e eu não imaginava que ela tava tramando esse presente maravilhoso. Tive que prometer que não tentaria chegar no final do presente mais cedo e esperei até o dia. 


Começou com uma caixinha linda, com o melhor desenho de todos: Eu e ana do mesmo jeito que Lula e sua finada mulher. Do lado havia um bilhete com uma frase sem pé nem cabeça. Ela ficava colocando pressão e eu quase batendo a cabeça pra tentar entender a frase. Não queria dar o primeiro chute que vinha a mente porque não conseguia ligar ele à frase, mas acabou que era realmente essa pessoa: Tainah e a frase escrita por André. Mandei mensagem para tainah dizendo a senha "golfinho selvagem". Acredito que andré tenha influência na senha também devido sua fixação com os modos de vida dos golfinhos e suas peculiaridades sexuais. Ela me passou a data do inicio do meu namoro, o que veio a ser a senha para um e mail que Ana tinha me mandado há alguns dias (o que estava me agoniando kk).

No email tinha uma foto de alguns alfajores veganos: Carol, que me respondeu pelo Whats que eu deveria procurar na sala no dia seguinte. Então, durante a apresentação do trabalho de todo mundo, eu tive de procurar um papel no meio da sala D do DEART (vulgo sala pra coisinhas práticas que envolvem quase sempre PAPEL, e por isso a sala é cheia de papel espalhado). Demorei quase uma hora, mas achei. A dica era Porpurino, essa foi fácil, falei logo com Teffinha que me chamava de porpurino antigamente e ela me deu um link para uma playlist do Spotify.

Ana me deu uma diquinha e acabei vendo que a inicial de todas as músicas formavam o nome de Phil e a senha (foi genial). Fui falar com phil e ele me deu um link de um site, que tinha uma mensagem codificada, claramente do meu irmão, seus enigmas são bem reconheciveis. Desse modo, consegui decifrar e ter direito a minha senha para falar com ele e pegar minha cartinha, que Ana acha que é menos especial por ser digitada, mas não ligo. O processo pra receber + os textinhos dela a tornaram mais do que especial."

Enquanto eu dei um presente simples e improvisado, o menino, também usando referências do Pinterest, criou quatro para mim. Um ovo caseiro de Twix (meu chocolate favorito) que deu super errado hahaha mas a pasta de chocolate que formou estava super gostosa. Dois itens feitos de papel. E um móbile, que ele ainda não entregou, mas me prometeu que um dia sai. 





A caixa de fósforo tem uma espécie de espaço 3D dentro, em clara referência ao blog hehe e o outro é o seguinte: nós nos conhecemos no Tinder. Sim, dá para conhecer namorados por lá. Não era nossa intenção. Nenhum dos dois estava se importando muito. Mas, quando nos conhecemos, a conexão foi acontecendo naturalmente, e nós nos apaixonamos como quem adormece. Nada no nosso relacionamento foi premeditado ou dramático. É como se nosso amor fosse um roteiro tranquilo e nós estivéssemos apenas seguindo esse belo script <3

No dia que nos conhecemos, eu estava com um pregador na mão. Meu amigo tinha inventado uma piada sobre "pregador" e "pregar a palavra de Deus", então eu escrevi Beyoncé no pregador e comecei a dizer que estava pregando a palavra da Rainha. Acabei fazendo essa piada para Xia e, por algum motivo (garoto estranho), ele gostou dessa estranhice. Aliás, não sei o que ele viu em mim naquele encontro... eu tinha acabado de sair do meu projeto de extensão, estava descabelada, cansada e fazia umas piadas ruins. Vai entender, né? 

A referência do Parque da Cidade remete ao dia em que nós fomos tirar fotos por lá. Foi um dia incrível e bastante marcante para nós. Mas essa história fica para outro post. 

Espero que tenham gostado das ideias e que seja útil para alguém. Minha dica é criar uma pasta privada no Pinterest e usar as inspirações para criar presentes feitos a mão, baratos e muitíssimo especiais. É divertido e agrega um valor todo especial ao que você está entregando <3 Porém, seja o que for, dê com o coração. Comprado ou feito à mão, o importante é estar envolto com todo o amorzinho do mundo, seja para quem for o presente. 


Postado por: Ana Letícia

Posts relacionados

0 comentários