#30DAYSBLOG como ser criativo

22:39


I think Polly, like Jake, is very creative. I think this helps to open up the world for her, and it's a reason why she is so accepting.:

Ironicamente, eu estava sem criatividade para escrever esse post. Passei horas pensando em como eu poderia dar sugestões de inspiração às pessoas se minha própria mente estava vazia. É claro que eu estava fazendo errado. Pressionar-se só retarda o processo. Ninguém pode simplesmente obrigar a mente a ser criativa. Mas existem recursos que muitas pessoas usam para deixá-la fluir. 

Conversei com alguns amigos e perguntei o que os fazia ficar inspirados. Várias respostas levavam justamente ao que nós estávamos fazendo: conversar! Trocar experiências com pessoas, conhecidas ou não, te leva a abrir os olhos para possibilidades que não enxergava antes. Duas pessoas nunca veem a realidade sob o mesmo olhar. Por mais semelhantes que sejam as visões de mundo, sempre há variações. Por isso o diálogo é algo tão inspirador. 

Outro item bem citado foi a música. Essa arte tão maravilhosa que parece escancarar as portas das nossas mentes. É como se que aquele conjunto harmonioso de sons funcionasse perfeitamente como encaixe da fechadura das nossas cabeças, libertando a criatividade e permitindo que ela alce voos mais altos. O estilo preferido, nesse tipo de situação, é o clássico. Mas eu acredito que uma playlist variada colabora muito para tornar nossas ideias mais plurais. 

Minha inspiração nasce muito de ideias que outros já tiveram. Amo navegar pelo Pinterest e salvar ideias dos mais diversos gêneros. São decorações, projetos DIY, dicas de moda, entre outros. Eu bato o olho e imediatamente penso em como eu faria a minha maneira. "Nada se cria, tudo se transforma". É muito difícil ser totalmente original, por isso essa é uma prática muito boa. O mesmo funciona com a leitura. Eu absorvo o estilo e os acertos de outros autores e tento reproduzir nos meus textos. Afinal, a melhor maneira de melhorar sua escrita é ler. Aprender com os bons exemplos é sempre muito útil.

Além disso, a leitura consegue reunir, de algum modo, todos os itens anteriores. Você entra em contato com uma visão de mundo diferente da sua, tem acesso a uma forma de arte e pode se basear nas ideias dos outros. É praticamente um pacote completo para a inspiração. Claro que muitos não acreditam ser o melhor método, mas é o meu favorito. A preferência é algo totalmente subjetivo. Portanto, filtro muito bem as informações que leio e o conteúdo que absorvo, pois sei o quanto isso reflete na minha vida. Livros são armas poderosíssimas, porque fomentam ideias. Não desperdicemos nosso "potencial bélico" de qualquer maneira. 

Por fim, deixo minha sugestão: explorem! Escutem músicas novas, conversem com pessoas, deem uma busca pela internet. Assistir a filmes e séries também é muito bom. Inúmeros deles já impactaram minha vida de tal maneira que a única coisa que pude fazer em seguida foi explorar o universo totalmente novo que se abriu na minha mente. Outras boas dicas são escrever palavras-chaves num papel, fazendo brainstorm, e analisa-las depois. Não julgue nada, o que parece bobo agora, pode ser sua grande ideia mais tarde. E não tenha medo. A inspiração não mora na sua zona de conforto. A criatividade vive lá fora.


Postado por: Ana Letícia  

Posts relacionados

0 comentários