Resenha: Onde as gaivotas fazem seus ninhos

21:14

por ana letícia dantas


Postado por Ana Letícia


Ganhei o livro da minha mãe, porque sua colega de trabalho é tia da ilustradora - amorosamente mencionada nos agradecimentos como "tia Dani" -  e ela quis me fazer um agrado pela minha recente formatura. Decidi explorar um pouco as informações da obra antes de mergulhar na leitura, e descobri que a Minna Miná lançou esse livro através de um projeto de financiamento coletiva na internet, uma estratégia que considero maravilhosa, pois oferece maior autonomia para o autor. Descobri também que a ilustradora estudou Belas Artes em Portugal e o livro é fruto de seu trabalho de conclusão, logo, eu já sabia que não podia esperar pouca coisa dessas páginas coloridas. Minhas expectativas foram confirmadas.  

As histórias de um viajante, uma estrangeira, uma executiva e um rapaz de luto se cruzam de uma forma suave e encantadora. As ilustrações são delicadas e o texto bastante sensível, assim, essa leitura rápida consegue deixar o coração do leitor bem apertado com apenas alguns minutos de experiência. Não demorei muito mais que meia hora para ler. Terminei com lágrimas ameaçando saltar dos olhos, especialmente pela história do menino que perde sua vó-mãe. Voltei para início e revisitei as imagens com calma, observando a técnica e as cores, e refletindo sobre a mensagem.

Como o livro foi adquirido diretamente no lançamento, através da "Tia Dani", recebi uma dedicatória e um autógrafo da autora <3 Ela desejou que eu encontrasse ninhos nas páginas do seu livro assim como ela mesma encontrou. Sinto que encontrei ninhos, voos rasantes e piruetas no ar! Porque as temáticas tratadas são pertinentes à maioria dos seres humanos, independente de um identificação direta com os personagens. 

Creio que Minna Miná se lançou com louvor na carreira literária. Vale a pena também pesquisar seus outros trabalhos como ilustradora, que seguem esse mesmo estilo delicado que nos prende na folha/tela. Sugiro dar uma olhada no Behance dessa artista e, é claro, adquirir o livro também (=

por ana letícia dantas

Posts relacionados

0 comentários